Home > Segurança > Avenida dos Estados é a campeã de roubos de carros na Grande SP

Avenida dos Estados é a campeã de roubos de carros na Grande SP

Avenida dos Estados é a campeã de roubos de carros na Grande SP

Trecho da avenida dos Estados, no ABC paulista; via foi a que registrou a maior quantidade de assaltos a motoristas na região metropolitana de São Paulo em 2015. Foto: Léo Arcoverde/Fiquem Sabendo

Com 89 roubos de veículos registrados entre janeiro e outubro, a avenida dos Estados, no ABC paulista, foi a via que contabilizou a maior quantidade de casos dessa natureza dentre as ruas e avenidas que cortam 38 municípios da Grande São Paulo.

É o que aponta levantamento inédito feito pelo Fiquem Sabendo com base em dados da Polícia Civil do Estado de São Paulo obtidos por meio da Lei Federal nº 12.527/2011 (Lei de Acesso à informação). A reportagem elaborou o ranking das 20 vias com maiores quantidades de assaltos a motoristas no período.

Esse levantamento não inclui os crimes cometidos na capital paulista (leia mais abaixo).

Principal via de ligação entre a cidade de São Paulo (onde é denominada avenida do Estado) e o ABC paulista, a avenida dos Estados corta bairros de dois municípios: Santo André e Mauá.

De acordo com as informações disponibilizadas pelo governo Geraldo Alckmin (PSDB), a segunda via que registrou a maior quantidade de roubos de veículos entre janeiro e outubro, na região metropolitana de São Paulo, foi a avenida Brasil, que corta os municípios de Ferraz de Vasconcelos, Suzano e Poá. Ela registrou 82 assaltos a motoristas no período (8% a menos do que a avenida dos Estados).

A terceira colocação do ranking é ocupada pela avenida Inocêncio Seráfico, em Carapicuíba, com 70 ocorrências de roubo de veículos contabilizadas no período. (Confira o detalhamento do ranking no infográfico abaixo.)

Avenida dos Estados é a campeã de roubos de carros na Grande SP

Metade das vias com mais roubos são do ABC paulista

Dez das 20 vias com mais roubos de veículos na região metropolitana de São Paulo cortam o ABC paulista.

Além da avenida dos Estados, três outras vias dessa região aparecem entre as dez primeiras do ranking. Duas delas são de São Bernardo do Campo :a rua dos Vianas (4ª colocada), com 65 assaltos a motoristas registrados no período, e a estrada dos Alvarengas (6ª colocada), com 59 ocorrências. A outra é de Diadema: a avenida Doutor Ulysses Guimarães (8ª colocada), com 50 casos.

Avenida dos Estados é a campeã de roubos de carros na Grande SP

Ligação entre capital e Granja Viana tem um assalto a cada 5 dias

Os 64 casos de roubo de veículo registrados pela rodovia Raposo Tavares, no trecho que corta a cidade de Cotia, deu a essa via a quinta colocação no ranking de assaltos a motoristas na Grande São Paulo.

Diariamente congestionada nos horários de pico, a Raposo Tavares é a principal via de ligação entre a capital paulista e a Granja Viana.

Líder na capital paulista, Jacu-Pêssego registra 6 casos a cada semana

Com 204 roubados registrados entre janeiro e agosto deste ano, a avenida Jacu-Pêssego, interligação do Rodoanel com a rodovia Ayrton Senna localizada na região de Itaquera, zona leste de São Paulo, foi a via que registrou a maior quantidade de roubos de veículos em toda a capital paulista nesse período.

Esse número representa uma média de seis assaltos a motoristas a cada semana.

Por que isso é importante?

A Constituição Federal de 1988 prevê, no seu art. 144, que a segurança pública corresponde a um “dever do Estado” e um “direito e responsabilidade de todos” e que ela é exercida “para a preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio”.

O Código Penal (Decreto-Lei nº 2.848/1940) prevê, no seu art. 157, uma pena de reclusão de quatro a dez anos e multa para quem comete o crime de roubo.

Se o crime é cometido por duas ou mais pessoas ou com emprego de arma de fogo (situação comum a abordagens a motoristas em assaltos), a pena é aumentada em em até um terço.

Roubos caíram 14,36% na Grande São Paulo, afirma secretaria

A Secretaria de Estado da Segurança Pública disse por meio de nota enviada por sua assessoria de imprensa que desenvolve ações para reduzir os roubos de veículos e que, no período analisado pela reportagem, esse crime apresentou queda de 14,36% na região metropolitana de São Paulo.

Leia a íntegra da nota que a pasta enviou à reportagem:

“A Secretaria de Segurança Pública informa que desenvolve ações para reduzir os roubos e furtos de veículos, que resultaram nas quedas de  20,81% e  14,36%, respectivamente, na região da Grande São Paulo, no comparativo  de janeiro a outubro de 2015 com o mesmo período do ano passado.  Esses crimes estão sendo combatidos com iniciativas de inteligência policial, como as operações da Lei dos Desmanches, criada para combater a cadeia econômica em torno da venda irregular de veículos e peças usadas, que somente neste ano lacraram 144 estabelecimentos irregulares. Ações da Polícia Civil realizadas regularmente na região Macro São Paulo levou à desarticulação de três quadrilhas, com a prisão e identificação de suspeitos de roubos e furtos de veículos na região. As polícias também recuperaram neste ano 15.729 veículos, realizou 23.773 prisões e apreendeu 2.305 armas.”

Você também poderá gostar
Marinha coloca informações sob sigilo
Marinha é responsável por 96% das informações classificadas como sigilosas
Don’t LAI to me: a primeira newsletter sobre Lei de Acesso à Informação do Brasil
CARTA ABERTA: Estados e municípios devem aceitar pedidos de informação anônimos
CPP superlotado: 10 mil vagas faltando em São Paulo