Home > Transparência > Como a Fiquem Sabendo ampliou a transparência pública no Brasil em 2021

Como a Fiquem Sabendo ampliou a transparência pública no Brasil em 2021

///
Comentários desabilitados

Como agência de dados especializada na Lei de Acesso à Informação (LAI), o propósito da Fiquem Sabendo (FS) é libertar dados, informações e documentos públicos que não estão disponíveis para a sociedade. Não só isso, como também garantir que cada cidadã e cidadão brasileiro tenha o conhecimento e as ferramentas necessárias para exercer o controle social e fiscalizar o poder público.

Como nada disso seria possível sem você, que assim como a gente acredita em um governo efetivo para todos, compartilhamos hoje (21/01) nossas principais vitórias de 2021 neste Relatório de Impacto. Passamos por mais um ano de pandemia, e é claro que a FS esteve monitorando de perto as ações do governo no combate a Covid-19. Por meio da LAI, a agência mostrou com exclusividade uma série de telegramas e e-mails que mostravam intervenção do Itamaraty para ajudar empresas brasileiras a importar cloroquina da Índia. A descoberta chegou inclusive a ser citada no relatório final da CPI da Pandemia.

Nossa equipe apurou que o Ministério da Saúde promoveu apenas um tweet sobre vacinação contra Covid-19, abriu dados da portaria do MS que evidenciaram a movimentação do suspeito lobista da Precisa Medicamentos e mostrou como o MS camuflou dezenas de tweets sobre tratamento precoce.

A Fiquem Sabendo também trouxe à tona dados inéditos nas áreas socioambiental, de segurança pública, trabalho e muito mais. Abrimos a caixa-preta das pensões militares e revelamos, pela primeira vez na história, quem são e quanto recebem os pensionistas parentes de militares. Libertamos ainda os dados dos autuados por trabalho escravo entre 2010 e 2020, após o governo ter tentado ocultar tais informações sob a alegação de que as mesmas não deveriam ser divulgadas de acordo com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

No ano passado também adentramos o Congresso Nacional pela primeira vez e propusemos três Projetos de Lei (PLs): modificar a LGPD para assegurar a transparência de informações sobre agentes públicos; remover a necessidade de esclarecer as razões ao pedir certidões perante órgãos públicos; e ampliar a liberdade de expressão em face da administração pública e de agentes públicos.

Democratização do acesso à informação

Promover e fomentar o uso da LAI é parte fundamental do trabalho da Fiquem Sabendo. Por isso, em 2021, criamos o “SOS LAI Municipal”, um serviço de escuta para apoiar cidadãos e jornalistas no acesso a dados municipais. Percebemos que o nome da agência já tem força nesse ecossistema: muitas vezes basta refazer o pedido do cidadão pelo CNPJ da FS e recebemos em dias a resposta do órgão, que ignorava o pedido há meses.

Também realizamos nossas tradicionais oficinas, com o objetivo de formar novos multiplicadores da LAI. Foram 30 oficinas conduzidas, 27 organizações e 2,4 mil pessoas atendidas.

E claro, mantivemos a todo vapor o envio da nossa newsletter quinzenal, a Don’t LAI to me, por onde compartilhamos bases de dados inéditas, tutoriais e notícias sobre a LAI e a transparência pública no Brasil, para quem gosta de receber informação direto da fonte.

Impacto do nosso trabalho

Só em 2021, a Fiquem Sabendo foi citada mais de 20 vezes por veículos relevantes da imprensa brasileira e internacional. Fomos finalistas de 2 prêmios de jornalismo de dados, recebemos nota de reconhecimento do júri no Prêmio IREE de Jornalismo e o 3º lugar na categoria Online do Prêmio DH de Jornalismo e, pelo segundo ano consecutivo, ganhamos o Troféu Rastilho do Prêmio Jornalismo Mosca da Livre.Jor. Esse foi ainda o ano em que nos tornamos membros da Global Investigative Journalism Network (GIJN).

Você pode conferir na íntegra o Relatório de Impacto da Fiquem Sabendo em 2021 neste link.

Muito para conquistar em 2022

O ano mal começou e já estamos trabalhando na ampliação de projetos antigos e na elaboração de novos. Aliás, em 2022, os projetos não serão a única novidade por aqui – a Fiquem Sabendo irá ganhar um novo site e vai dar uma renovada na sua identidade visual também. É bom ficar ligado(a) para não perder nada.

Quais são suas expectativas para a FS neste ano? A gente vai adorar saber. Tem algum dado específico que você gostaria de descobrir como acessar? Que temas você gostaria que a gente investigasse? Você pode nos contar tudo neste formulário – só vai levar 2 minutos!

E se você chegou até aqui, já conseguiu ter noção da seriedade e importância do trabalho da FS. Portanto, se você quiser nos ajudar a alcançar nossas metas para 2022 e fiscalizar o poder público junto conosco, escolha uma maneira de nos apoiar e venha jogar no time da transparência pública. Ainda mais em um ano como esse, de eleições para presidente, governadores(as), senadores(as) e deputados(as), toda ajuda será muito bem-vinda.

Conheça o projeto de financiamento coletivo da Fiquem Sabendo clicando aqui.

Ou faça um PIX para a agência – ajude com quanto puder e quiser: