Home > Transparência > Fiquem Sabendo lança aplicativo para consulta de remuneração de pensionistas

Fiquem Sabendo lança aplicativo para consulta de remuneração de pensionistas

///
Comentários desabilitados

Desde o final de junho de 2021 a Controladoria-Geral da União (CGU) passou a disponibilizar os dados de pagamentos de pensionistas do Governo Federal no Portal da Transparência, incluindo militares e civis. A iniciativa foi uma vitória da Fiquem Sabendo (FS), que denunciou a falta de transparência das pensões duas vezes ao Tribunal de Contas da União (TCU) – as duas foram acatadas e o tribunal obrigou o governo a publicar as informações.

Para facilitar a consulta aos e permitir a visualização de insights nos dados, a Fiquem Sabendo disponibiliza agora um aplicativo que simplifica o acesso a essas informações de forma agregada e intuitiva. Para o desenvolvimento da solução, a Fiquem Sabendo contou com a parceria do cientista de dados Fernando Barbalho, que já havia desenvolvido uma primeira versão com a série histórica de pagamentos a servidores civis disponibilizada pelo Ministério da Economia em julho de 2020. Além de atualizar o aplicativo para o novo formato usado pelo Portal da Transparência, a versão lançada agora conta com novas ferramentas, como a consulta individual e a separação por número de pensões que o beneficiário recebe do Governo Federal.

O aplicativo pode ser acessado a partir de qualquer navegador. É possível fazer cruzamentos de dados por tipo de pensão, relação de parentesco com o instituidor, órgão e cargo do servidor que gerou a pensão, por exemplo. Também é possível visualizar a série histórica dos pagamentos realizados desde janeiro de 2020. 

Uma novidade importante é a possibilidade de pesquisar pelo nome do servidor instituidor da pensão; no Portal da Transparência é possível pesquisar apenas pelo nome do beneficiário. O aplicativo permite ainda que o usuário aplique filtros específicos e faça o download de pílulas dos dados para análise em programas acessíveis, como o Excel / Google Sheets. Pelo Portal da Transparência o usuário tem acesso apenas a alguns campos da base e para download o conjunto de dados em formato pouco acessível para o cidadão. Isso porque são três bases de dados distintas – Civis, Militares e Banco Central – e  três conjuntos separados para cada uma – Remuneração, Cadastro e Observações – separados ainda por mês. O processo de transformar todas essas bases num conjunto unificado não é simples, uma vez que existem mais linhas na planilha de Remuneração para cada linha nas planilhas Cadastro e Observações (devido aos beneficiários com múltiplos vínculos). 

Em um primeiro momento, a ferramenta disponibiliza dados de janeiro de 2020 a fevereiro de 2021 – último mês para o qual havia registros de todos os sistemas de pagamento do Governo Federal quando os dados foram lançados. Nas próximas semanas, a equipe da Fiquem Sabendo continuará a atualizar o aplicativo para incorporar os dados mais recentes que sejam disponibilizados no Portal da Transparência.

Clique aqui para acessar o aplicativo.

________________________________________

Este conteúdo saiu primeiro na edição especial da newsletter da Fiquem Sabendo, a Don’t LAI to me. A newsletter é gratuita e enviada quinzenalmente, às segundas-feiras. Clique aqui e inscreva-se para receber nossas descobertas em primeira mão também.