Home > Educação > Mais de 1,1 milhão estava inadimplente no Fies em 2021, número recorde

Mais de 1,1 milhão estava inadimplente no Fies em 2021, número recorde

///
Comentários desabilitados

O Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies) terminou o ano de 2021 com um recorde de 1.109.603 pessoas com contratos na fase de amortização e com atraso de pagamento a partir de 90 dias, quando se considera a inadimplência. O saldo devedor desses contratos em amortização e com mais de 90 dias de atraso é de R$ 42,6 bilhões.  Confira aqui na resposta do FNDE ao pedido da nossa equipe.

Na última semana, o governo federal regulamentou os procedimentos para a renegociação de dívidas. De acordo com as regras, os descontos variam de acordo com os dias de atraso e podem ir de 12% até 86,5% do saldo devedor.  Veja mais informações sobre a renegociação aqui. 

Veja outros  dados que já publicamos sobre a evolução da inadimplência no Fies

→ Na edição #35 da Don’t LAI to me, publicamos que, em abril de 2019, havia 434,4 mil pessoas com dívidas no país. No mesmo período, em 2020, 790 mil. Na época, o FNDE publicou recentemente uma resolução que permite a suspensão de parcelas do Fies enquanto houver o estado de calamidade pública por causa do novo coronavírus. 

→ Na edição #40 da Don’t LAI to me, contamos que a dívida do Fies estava se aproximando de R$ 30 bilhões, com quase 1 milhão de alunos endividados.

Saiba como fazer um pedido de informação para detalhar dívidas do Fies

Conheça casos concretos e veja um modelo de pedido para você mesmo checar quantos alunos do seu Estado têm dívidas no Fies, qual o valor devido, que cursos frequentam e em quais instituições.

→ Dica de leitura: Reportagem do jornalista Solano Nascimento na revista Piauí mostrou como o desmonte do programa Mais Médicos matou crianças brasileiras.

Fiscalize o poder público com a Fiquem Sabendo. Acesse aqui a nossa campanha de financiamento

______________________________________________________

Se usar as informações, dê o crédito!

ATENÇÃO: Todo o material publicado gratuitamente no nosso site ou nesta newsletter Don’t LAI to me pode, e deve, ser compartilhado! Usamos a licença “Atribuição 4.0 Internacional (CC BY 4.0)”, que permite a republicação/adaptação, inclusive para fins comerciais, nas seguintes condições:

-Todas as republicações ou reportagens feitas a partir de dados/documentos liberados pela nossa equipe devem trazer o nome da Fiquem Sabendo, com crédito para: “Fiquem Sabendo, agência de dados especializada no acesso a informações públicas”;

-Incluir link para a publicação original da agência (no site ou na newsletter);

-As postagens nas redes sociais sobre as reportagens com dados obtidos pela nossa equipe devem conter menção aos perfis da agência: Twitter, Instagram, Facebook ou Linkedin.

______________________________________________________

Este conteúdo saiu primeiro na edição #73 da newsletter da Fiquem Sabendo, a Don’t LAI to me. A newsletter é gratuita e enviada quinzenalmente, às segundas-feiras. Clique aqui e inscreva-se para receber nossas descobertas em primeira mão também.