Home > Segurança Pública > Boletins de ocorrência que mencionam aplicativos de relacionamento se multiplicaram em 2021 em SP

Boletins de ocorrência que mencionam aplicativos de relacionamento se multiplicaram em 2021 em SP

///
Comentários desabilitados

O número de boletins de ocorrência que mencionam aplicativos de relacionamento, como Tinder, Badoo ou Bumble, se multiplicaram no Estado de São Paulo. De 45 registros em 2016, a quantidade saltou para 337 em 2021, maior na série histórica até agora. Em 2022 já há 109 menções até o mês de março. Não existem estatísticas oficiais sobre este tema, mas a menção mais frequente em ocorrências policiais pode ser um indicativo de que mais pessoas estão registrando denúncias.

O Tinder é o mais citado, seguido por Badoo e Grindr. Os dados foram organizados pela Fiquem Sabendo a partir de tabela fornecida pela Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP). O crime que mais aparece é o estelionato. As principais vítimas são estudantes, mulheres e que têm ensino superior completo. Recomendamos a leitura da metodologia antes de tirar qualquer conclusão com os dados.

Acesse aqui a resposta enviada pela SSP – não se esqueça de remover dados duplicados por meio das colunas de número do boletim de ocorrência, nome da delegacia e ano do BO, já que um mesmo caso pode estar em mais de uma linha. O protocolo do pedido é 3382225891 e é possível ver uma cópia da solicitação neste site.

______________________________________________________

Se usar as informações, dê o crédito!

Todas as republicações ou reportagens feitas a partir de dados/documentos liberados pela nossa equipe devem trazer o nome da Fiquem Sabendo no início do texto, com crédito para: “Fiquem Sabendo, agência de dados especializada no acesso a informações públicas”. Acesse aqui o passo a passo de como creditar nas publicações.

Este conteúdo saiu primeiro na edição #79 da newsletter da Fiquem Sabendo, a Don’t LAI to me. A newsletter é gratuita e enviada quinzenalmente, às segundas-feiras. Clique aqui e inscreva-se para receber nossas descobertas em primeira mão também.

Você também poderá gostar
Transparência pública vs. privacidade: veja como foi o evento da Fiquem Sabendo em parceria com o Insper
Fiquem Sabendo promove oficina gratuita para estudantes de jornalismo dia 28/4, no YouTube da Faculdade Cásper Líbero 
Ministro pede revisão de norma que tira responsabilidade do TCU de receber denúncias sobre transparência
Com florestas em chamas, governo Bolsonaro investiu 24% a menos no combate ao fogo em setembro
25 anos de atraso: os pedidos de acesso dos Estados Unidos sem solução