Home > Saúde > Ministério da Saúde alertou que precisaria monitorar novas variantes do coronavírus durante a Copa América

Ministério da Saúde alertou que precisaria monitorar novas variantes do coronavírus durante a Copa América

///
Comentários desabilitados

O Ministério da Saúde comemorou no Twitter que 99,4% dos testes de Covid-19 realizados durante a Copa América foram negativos. Segundo a pasta, a Conmebol realizou 28.772 testes entre 11 de junho e 10 de julho. No entanto, de acordo com um documento obtido pela Fiquem Sabendo por meio da Lei de Acesso à Informação (LAI), o ministério estava preocupado com o surgimento de variantes do novo coronavírus durante o evento. Acesse aqui. 

A Câmara Técnica de Diretrizes e Orientações para o Manejo da Covid-19 do Distrito Federal produziu um parecer desfavorável à realização do torneio. O órgão indicou risco de entrada de novas variantes do Sars-Cov-2 no país e possível aumento da taxa de transmissão da doença. No documento, que pode ser acessado aqui, os técnicos ressaltaram que “mesmo os jogos sendo fechados ao público, os torcedores podem promover aglomerações em outros locais, tais como visto em jogos anteriores”.

A imprensa noticiou que foram detectados 179 casos de Covid-19, em 29 dias, entre os participantes da Copa América. Além disso, uma nova variante foi oficialmente identificada no País: a B.1.621.

________________________________________

Este conteúdo saiu primeiro na edição #62 da newsletter da Fiquem Sabendo, a Don’t LAI to me. A newsletter é gratuita e enviada quinzenalmente, às segundas-feiras. Clique aqui e inscreva-se para receber nossas descobertas em primeira mão também.