Indique pautas e denúncias para a Fiquem Sabendo

A Fiquem Sabendo acredita que a luta pela transparência pública deve ser coletiva e colaborativa. Por isso, se você tem alguma sugestão de pauta, pedido de acesso à informação ou denúncia, entre em contato com a gente e vamos investigar. O canal de comunicação a ser utilizado vai depender do caráter da informação que você quer nos contar, do risco envolvido e da necessidade ou não de sigilo. Apresentamos algumas opções abaixo:

E-mail

Se você tem uma sugestão de pauta ou pode nos ajudar com algum pedido de acesso à informação que não requer anonimato, pode nos mandar via e-mail para [email protected].

Protonmail

Para denúncias sensíveis, a opção mais recomendada é o ProtonMail, um serviço de correio eletrônico com criptografia de ponta-a-ponta. Para falar com a gente, é só registrar uma conta gratuita no site e escrever para o nosso e-mail [email protected].

Cuidados importantes

Se você tiver informações ultrassensíveis para compartilhar, além de optar pelo ProtonMail, alguns cuidados extra são importantes para aumentar sua segurança.

  • Não entrar em contato conosco usando redes públicas, incluindo a do trabalho
  • Ficar alerta em relação ao seu registro de atividades. Uma boa prática é apagar seu histórico de pesquisas, evitando deixar rastros relacionados a temas sensíveis e denúncias
  • Não interagir com as nossas redes sociais ou de membros da nossa equipe. Se for preciso, apague as interações e publicações que você compartilhou
  • O ideal é realizar a denúncia de um computador que não seja o seu habitual. Assim, em caso de invasão, não será possível rastrear algo que possa ser usado contra você
  • Crie novas contas que não estejam vinculadas às suas outras atividades
  • Considere consultar um advogado e/ou um especialista em segurança da informação. Um profissional desse tipo pode te orientar melhor sobre os riscos envolvidos na denúncia. Se decidir por esse tipo de contato, tome o cuidado de não utilizar contas vinculadas ao seu nome nem trocar mensagens utilizando redes públicas. O ideal é conversar pessoalmente, dificultando o rastreamento
  • Dependendo do nível de sensibilidade do assunto, não mencione com ninguém o conteúdo da denúncia, nem mesmo com os profissionais recomendados

Para mais informações sobre como aumentar sua segurança digital ao decidir ser fonte para jornalistas, sugerimos que você confira as recomendações do Intercept Brasil.

Apoie o Fiquem Sabendo

                             Apoie a Fiquem Sabendo na batalha pelo acesso à informação!